Certificação digital

Um certificado digital é um arquivo de computador que contém um conjunto de informações referentes à entidade para o qual o certificado foi emitido (seja uma empresa, pessoa física ou computador) mais as chaves privada e pública.

O Certificado Digital funciona como uma carteira de identidade virtual. Ele é um documento eletrônico que contém dados do titular como nome, e-mail, CPF, dois números denominados chave pública e privada, além do nome e da assinatura da AC (Autoridade Certificadora) que o emitiu. A chave privada é que garante o sigilo dos dados do titular que assina a mensagem. A pública permite que ele compartilhe com outras pessoas a informação protegida por criptografia.

Trocado em miúdos: quem precisa de segurança nas suas transações cria, junto a um orgão no Brasil ou Exterior (normalmente pagando por isto) um arquivo que contém informações que garantem a autenticidade do usuário. Este arquivo fica no seu computador (é a sua assinatura digital). Quando você envia algo ou acessa um site que precisa da sua assinatura este arquivo será checado (como a sua assinatura em um cheque). Chaves privada e pública são as senhas envolvidas neste processo.

Um Certificado Digital também pode ser fornecido sob a forma de um token. É o caso da OAB/RJ (Ordem dos Advogados do Brasil/RJ). Um token é, na verdade, um chip com uma entrada USB para ser conectado ao computador. Assim, os advogados no exercício de suas funções, rotineiramente precisam se autenticar aos órgaõs competentes. Agora eles conectam o token ao computador e garantem seu acesso aos documentos de seu interesse. Anteriormente a OAB fixava um chip na própria carteira da Ordem dos Advogados. Mas este método impunha a utilização de uma máquina leitora para autenticar o advogado. Resumindo, o token é bem mais prático.

 

 

Clique aqui para saber mais sobre Chaves Pública e Privada

Vale lembrar que a Certificação Digital tem prazo de validade.